8,00

O “Canon de Croakchelbel” (PS1) e “La playa mágica de Puff” (PS2), dois cartões postais sonoros que têm a mesma harmonia que o “Canon de Pachelbel” e “Puff, el dragón mágico”. Ideal para trabalhar as escalas e a entoação a partir de graus conjuntos. Já tem seu palíndromo harmônico ilustrado?


Edição: Harmony-Games
Ilustração: Núria Palau
Conto de: Guifré Illa
Copyright: Oriol Ferré

52 em estoque

Categoria .

Mais informação

As ilustrações dos postais têm algumas particularidades:

1) Contam com vários elementos muito originais que se vão repetindo da esquerda para a direita seguindo umas linhas fictícias que sobem e baixam.

2) Estes elementos se podem entender como as notas de um pentagrama invisível.

3) Podemos encontrar estes elementos em 15 níveis distintos, ou seja, em um registro de duas oitavas diatônicas.

4) Os elementos estão dispostos em graus conjuntos, ou dito de outra forma, como as notas consecutivas em uma escala.

5) A configuração destes elementos é homogênea: começam e terminam do mesmo modo. Portanto, podem ser lidas desde a esquerda ou desde a direita.

6) A disposição dos elementos se baseia nos acordes de uma harmonia concreta. Isso permite que se possa ler, cantar ou tocar com o acompanhamento de uma determinada harmonia.

Como funcionam?

É muito simples. Inicia-se lendo as notas da esquerda para a direita (considerando que aquela que se encontra na parte inferior esquerda equivale a um dó) e, ao chegar ao final do postal, tem-se que dar a volta e ler em sentido contrário. Mas não há que seguir necessariamente o mesmo caminho! A meia dicção, aí onde os pontos se bifurcam, podemos escolher “cantar” outro elemento e modificar assim nosso recorrido original. Deste modo, saltando de um lado para o outro o postal, subindo e baixando pelos diferentes pontos da ilustração, podemos criar nossa própria composição. O postal também se pode interpretar com instrumentos, podem-se formar grupos e designar elementos concretos a diferentes alunos… As combinações são infinitas!

Alguns conselhos

• Durante a dicção se recomenda não realizar saltos de elementos muito longes entre si; o fato de não contar com um pentagrama pode induzir ao erro.

• Se recomenda realizar o exercício com música de fundo (em internet se podem encontrar facilmente áudios ou plays along); em caso de não dispor de acompanhamento, o professor sempre pode realizar os acordes da harmonia com um piano, guitarra ou qualquer outro instrumento.

• As postais também podem se usar como acompanhamento de outras canções que tenham os mesmos acordes que o “Canon de Pachelbel” e “Puff, el dragón mágico”. Há muitíssimas!

Magia, cores, sonoridade… Postais Sonoras de Harmony-Games, uma forma divertida e dinâmica de aprender solfejo.

CONTO para explicar como funciona o postal “Canon de Croakchelbel” para os pequeninos

“A rã da lagoa que fazia escalas”

Segundo conta a lenda, numa lagoa no meio das montanhas vivia uma rã apaixonada por música. Passava o dia escondida em sua toca, mas quando começava a escurecer, subia em uma pedra e ficava cantando canções. Assim, enquanto o resto de animais dormiam, a rã preenchia o silencio da noite com suas óperas e melodias.

Uma noite mais escura que o habitual, a rã saiu de sua toca e saltou na pedra que havia em frente, mas devido à pouca visibilidade escorregou e caiu em cima de uma flor de lótus que havia abaixo. Naquele momento a rã tinha em mente o “canon de croakchelbel” e estava a ponto de coaxar um “si”, mas por erro coaxou um “lá”. A surpresa inicial em seguida se converteu em fascinação.

–Que divertido! –pensou–. Posso saltar pra cima e pra baixo fazendo escalas!

A partir de então, a rã passava a noite cantarolando escalas conforme subia ou baixava. Agora saltava em cima de um nenúfar, agora em cima de uma pedra na margem da lagoa, agora em uma pedra situada mais acima… inclusive chegou a saltar em cima das estrelas! Dizem que de vez em quando se distraía e se aproximava de algum vilarejo, mas isso já faz muito tempo. Faz anos que ninguém a vê. Assim, já sabe: se algum dia vir uma rã saltando de estrela em estrela, aguce o ouvido, talvez possa ouvir como canta alguma de sus escalas.

No Comments Yet

dezenove − 15 =